Prefeito Einstein e a Fundação de Cultura se reúnem hoje para decidir sobre o desfile das escolas de samba

Macau – Diante de tantas polêmicas sobre o carnaval de Macau, mais uma estará na pauta desta quarta-feira,20, dia de São Sebastião, padroeiro de Barreiras.

É que logo mais às 14h, o prefeito Einstein Barbosa e o presidente da Fundação de Cultura de Macau, Waldemir Nunes,  se reúnem para discutir a respeito do  desfile das escolas de samba de Macau, uma tradição cultural de 60 anos que  “está” ameaçada de extinção.

escoladesambaAtualmente Macau possui cinco Escolas de Samba: Roda Moinho; Unidos do Girassol, Beija-Flor; Azes do Ritmo e Imperadores do Samba, atual bicampeã do carnaval macauense (2014-2015).

O fato é que durante todo o ano os carnavalescos desses agremiações se esforçam, mesmo sem recursos, para realizarem um trabalho cultural digno de aplausos   e levar para a avenida,  durante o  carnaval, muito brilho e alegria por meio do samba e enredo à população macauense.

Foto 1: Pedro Lima

Foto 2: Canindé Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *