Macau: PDT e PT se reunirão para discutir aliança à sucessão

Macau – O dramaturgo inglês William Shakespeare afirmou  que “há mais mistério entre o céu e a terra do que imagina nossa vã filosofia”. Realmente, talvez só perca para os mistério que há na “política” de Macau.

Faltando praticamente quatro meses para as eleições municipais – que acontecem no dia 2de outubro- os pré-candidatos ao Palácio João Melo – sede do poder executivo macauense – se articulam nos bastidores. Cada um buscando conquistar e espaço político por meio de alianças.

Nesse caso, o PDT e PT saem na frente. E segundo fonte, já há uma reunião agendada entre os dois partidos. Objetivo é discutirem uma possível aliança à sucessão macauense.

 O PDT goza do  o privilégio de não ter apoiado o golpe contra Dilma, como fez outros, exceto o PC do B. Que culminou com a posse de Michel Temer como interino  e que de imediato anunciou cortes no Pronatec, Prouni, Fies, Minha Casa, Minha Vida e deverá se estender ao Programa Bolsa Família   prejudicando assim a população carente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *