Inauguração da Central do Cidadão de Macau só depende agora da cessão dos servidores

Macau – A inauguração da Central do Cidadão estava marcada para  o dia 27 de setembro,  o que não ocorreu em  virtude de uma representação protocolada junto ao Ministério Público, pelo músico Serginho Lisboa, alegando que o candidato a prefeito – na época, Tulio Lemos,  “tentou trazer os louros dessa inauguração para a sua pessoa.

Depois de toda essa celeuma, a Assessoria de Impressa da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS-RN), em contato com  a reportagem do Portal Costa Branca News informou que a inauguração da Central do Cidadão de Macau está prevista para a primeira quinzena de novembro, só dependendo agora da cessão dos servidores.

Um prédio moderno para atender a população de Macau e Região
Um prédio moderno para atender a população de Macau e Região

Atendimento

A Central do Cidadão tem como objetivo  facilitar e melhorar o atendimento à população da região. Funcionará das 7h às 13h e vai oferecer emissão de carteira de identidade e CPF, serviços do DETRAN-RN, do ITEP e da Caern. Além disso, outros serviços serão implantados posteriormente, entre eles, o PROCON e a carteira de trabalho.

A expectativa é que sejam realizados 20.000 mil atendimentos por mês, beneficiando a população de Macau e de cidades próximas como Porto do Mangue, Guamaré e Galinhos. A estrutura funcionará provisoriamente em prédio locado, até a construção de uma Central Modelo, prevista para 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *