6 dicas para evitar problemas de saúde durante a viagem

São tantas preocupações que se tem ao planejar uma longa viagem que é comum esquecer de alguns detalhes que podem fazer toda a diferença

Para realizar uma viagem longa, são muitas as preocupações. Entre cotar passagens aéreas, escolher o tipo de hospedagem e arrumar as malas, os viajantes esquecem que outros problemas podem aparecer durante a viagem, sendo que os mais preocupantes estão relacionados com a saúde do turista.

+  Leia mais: 6 passos para evitar problemas no embarque

O verão é considerado um período de alta temporada no Brasil, e é justamente nessa época do ano que as pessoas mais viajam. Levando isso em consideração, fique atento a algumas dicas que podem ser adaptadas para cada tipo de viagem e evitar problemas relacionados à saúde.

Tomar vacina

Antes de embarcar é preciso verificar se há necessidade de tomar alguma vacina para visitar o destino escolhido. O aconselhável é que o turista procure um Centro de Orientação ao Viajante da Anvisa, de quatro a oito semana antes da viagem, para receber as informações necessárias.

Os especialistas da plataforma Doctoralia alertam que não é necessário tomar vacina apenas quando for fazer uma viagem internacional . Como exemplo, eles citam que destinos nacionais já tiveram surtos de febre amarela, como Minas Gerais.

Kit de primeiros socorros

O kit varia de acordo com a necessidade do viajante e as condições que vai enfrentar no país de destino. O básico é sempre levar um protetor solar, um repelente de insetos, termômetro, analgésicos e curativo adesivo.

Agora se você toma remédios controlados , é preciso levar o medicamento junto com a receita médica , pois em alguns casos ela pode ser solicitada no aeroporto, afirmam os especialistas da plataforma. Não se esqueça também de levar a quantidade certa, pois pode ser difícil encontrar o remédio que precisa em outro país.

Getty Images
Queimaduras de sol estão entre os problemas de saúde mais comuns

Antibióticos, luvas descartáveis, repositor de flora intestinal, antialérgico, laxante ou comprimidos de purificação de água também podem ser úteis em viagens para lugares mais remotos.

Seguro de viagem

Contratar um seguro pode ser bem interessante, principalmente no caso viagem internacional. Vale lembrar que para realizar alguns tipos de viagem é obrigatório fazer o seguro.

Leia mais – seguro viagem: veja tipos, garantias e coberturas deste serviço

Também é possível verificar se o país que vai visitar possui acordo internacional de saúde , isso permite que estrangeiros sejam atendidos na rede pública de saúde. Alguns dos países que o Brasil possui esse acordo são Itália, Portugal e Cabo Verde.

Mudanças ambientais

Existem fatores ambientais que podem causar mal-estar, como mudanças de altitude, temperatura, umidade ou radiação ultravioleta. Para evitar esses desconfortos, o indicado é beber muita água e evitar exposição excessiva ao sol.

Procedência da água e alimentos

Parece óbvio, mas uma forma de evitar doenças infecciosas e parasitas intestinais é não tomar água de torneira e escolher bem os lugares para realizar as refeições. Nos restaurantes, prefira alimentos cozidos e tome cuidado com frituras.

Leia mais: Dicas para minimizar os problemas se for roubado no exterior

Proteja-se de insetos

Evitar problemas com insetos transmissores de doenças, como malária e dengue, é possível com o uso de repelentes e mosquiteiros. O uso de ventilador e ar condicionado costuma afastar esses parasitas indesejáveis. Outras sugestões que podem ajudar é cobrir a maior parte do corpo com roupas leves e usar peças de cores claras.

Link deste artigo: http://turismo.ig.com.br/manual-do-viajante/2017-01-22/evitar-problemas-saude.html

Por iG Turismo |

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *