Eleições em 2018 servirão de termômetro para a sucessão macauense em 2020

Macau- As eleições em 2018 para presidente da república, senador, governador, deputados Estadual e Federal serão marcadas pelo desgaste político haja vista que pretensos candidatos estão sendo acusados de práticas de irregularidades e poucos escaparão ilesos.

No caso de Macau, alguns pretensos candidatos (naturalmente) à sucessão do Palácio João Melo em 2020 como Eduardo Lemos, Daniel Dantas e Rodrigo Aladim da base governista irão apoiar seus candidatos a governador, Deputado Estadual e Federal e consequentemente ter apoio dos mesmos em 2020.

Esses apoios dessa base governista – aos seus pretensos candidatos – poderão causar fissura no governo de Macau vez que estarão medindo força política com o prefeito Tulio Lemos.

O fato é que tudo caminha como se nada estivesse acontecendo, mas nos bastidores as articulações já começaram e só não vê quem não quer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *