Governo Temer aumenta o gás de cozinha em 7%

A Petrobras anunciou nesta sexta (4) aumento de 6,9% no preço do gás de cozinha. Os novos preços entram em vigor à 0h deste sábado (5). Segundo estimativas da empresa, se o repasse for integral, o preço ao consumidor subirá, em média, 2,2% (ou cerca de R$ 1,29 por botijão).

Em junho, a Petrobras anunciou nova política de preços para o gás de botijão, que passou a ter ajustes mensais de acordo com a variação das cotações internacionais e do câmbio. Na ocasião, o preço foi elevado em 6,7%. Em julho, houve corte de 4,5%. A política segue recomendação do CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) de 2005, que determina preços mais baixos para o gás vendido em botijões de 13 quilos.

O presidente do Sindicato das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), Sérgio Bandeira de Mello, disse que, após os últimos ajustes, ampliou-se a diferença entre os preços do gás para indústria e comércio e o de uso doméstico: o industrial está 60% mais caro. “Isso desestimula o investimento em infraestrutura e penaliza o consumidor industrial, que já está sofrendo com a crise econômica”, afirmou.

Fonte: 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *