Temer assina decreto da intervenção para tentar reverter impopularidade

Incapaz de aprovar a reforma da Previdência e eternizado pela Tuiuti como o vampirão que governa o Brasil, Michel Temer decidiu intervir no Rio para tentar se colocar como xerife da segurança pública, ele assinou nesta sexta-feira (16), no Palácio do Planalto, o decreto de intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro; em discurso na solenidade, ele comparou a criminalidade do Rio a um câncer generalizado; “O crime organizado quase tomou conta do estado do Rio de Janeiro. É uma metástase que se espalha pelo país e ameaça a tranquilidade do nosso povo”, disse Temer; decisão ainda terá que passar pelo Congresso e paralisa a tramitação da Previdência

 

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *