Anvisa aprova medicamento para câncer de mama e asma grave

Tratam-se do Kisqali, indicado para o tratamento de câncer de mama avançado, e o Cinqair, terapia adjuvante em casos de asma grave

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum em mulheres no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou dois novos medicamentos: o Kisqali (succinato de ribociclibe), indicado para o tratamento de câncer de mama localmente avançado ou metastático em mulheres na pós-menopausa; e o Cinqair (reslizumabe), indicado como terapia adjuvante de manutenção em pacientes adultos com asma grave.

Leia também: Veja quando é preciso fazer a mamografia

De acordo com a Anvisa, o Kisqali será comercializado na forma de comprimido revestido, com concentração de 254,4 miligramas (mg) de succinato de ribociclibe (200 mg de ribociclibe), fabricado pela empresa Novartis Singapore Pharmaceutical Manufacturing PTE. LTD, em Cingapura. A detentora do registro no Brasil é a Novartis Biociências S.A.

Já o Cinqair (reslizumabe) está enquadrado na categoria de produto biológico novo e é indicado, por exemplo, quando o quadro clínico for inadequadamente controlado com o uso de corticosteroides inalatórios, em doses médias a alta, associado a outro medicamento para tratamento de manutenção.

Leia também: Novos medicamentos para asma atuam na causa da doença

“O Cinqair (reslizumabe) não deve ser utilizado para tratar os sintomas agudos da asma ou exacerbações agudas. Também não é indicado para o alívio de broncoespasmos agudos ou estado de mal asmático”, informou a agência. O produto será fabricado pela Lonza Biologicals Inc., nos Estados Unidos, e a detentora do registro no Brasil é a empresa Teva Farmacêutica Ltda.

Foto: Nada Frágil – Moda e Beleza

Fonte:Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *