Divisão da oposição favorece a reeleição do prefeito Tulio Lemos

Macau – Não se ganha eleição antecipadamente. Alguns eufóricos da oposição já andam cantando vitória antes mesmo que o jogo comece como não houvesse concorrente ou até mesmo subestimando o atual governo macauense.

Assim como uma pesquisa eleitoral retrata o momento em que é realizada, pode-se dizer que uma eleição retrata a atual conjuntura. Mas as eleições não serão realizadas este ano e sim no próximo ano, 2020. Até lá muita coisa acontecerá  (quem viver verá), principalmente no campo oposicionista  com as inúmeras divisões. Já no campo governista o atual gestor – segundo fonte- irá correr contra o tempo concretizando obras estruturantes, uma vez que conta com o apoio do governo do Estado do RN.

Para os leigos da política não se deve subestimar o poder, mesmo que este esteja passando por desgaste. Vez que tem como reagir a qualquer momento.

É bom não tratar a atual gestão como se fosse um Peru que morre na véspera.

Foto: macau.rn.gov.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *